O que é o espiritismo?

 


11 – O que escandalizar, porém, a um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de atafona, e o lançassem ao fundo do mar. Ai do mundo, por causa dos escândalos. Porque é necessário que sucedam escândalos, mas ai daquele homem por quem vem o escândalo. Ora, se a tua mão, ou o teu pé, te escandaliza, corta-o e lança-o fora de ti. Melhor te é entrar na vida manco ou aleijado, do que, tendo duas mãos ou dois pés, ser lançado no fogo do inferno. E se o teu olho te escandaliza, tira-o, e lança-o fora de ti. Melhor te é entrar na vida com um só olho, do que, tendo dois, seres lançado no fogo do inferno. Vede, não desprezeis algum destes pequeninos, porque eu vos declaro que os seus anjos no céu incessantemente estão vendo a face de meu Pai, que está nos céus. Porque o Filho do Homem veio a salvar o que havia perecido. (Mateus, XVIII: 6-11).

Leia mais...


Muitas vezes somos operados espiritualmente durante o sono sem saber. Muitas das nossas doenças podem ser curadas durante o sono com a ajuda de bons espíritos quando a cura é importante.

Pelo sono e desligado a consciência da vigília ou consciente físico, assim há uma facilidade maior de se trabalhar o nível do corpo astral e os demais níveis de consciência para que desdobrados, os espíritos trabalhem essas situações e liberem através do magnetismo algumas memórias ou mesmo sanar as mazelas do corpo. 

Leia mais...



64. O desaparecimento do corpo de Jesus após sua morte há sido objeto de inúmeros comentários. Atestam-no os quatro evangelistas, baseados nas narrativas das mulheres que foram ao sepulcro no terceiro dia depois da crucificação e lá não o encontraram. Viram alguns, nesse desaparecimento, um fato milagroso, atribuindo-o outros a uma subtração clandestina.

Segundo outra opinião, Jesus não teria tido um corpo carnal, mas apenas um corpo fluídico; não teria sido, em toda a sua vida, mais do que uma aparição tangível; numa palavra: uma espécie de agênere. Seu nascimento, sua morte e todos os atos materiais de sua vida teriam sido apenas aparentes. Assim foi que, dizem, seu corpo, voltado ao estado fluídico, pode desaparecer do sepulcro e com esse mesmo corpo é que ele se teria mostrado depois de sua morte.

Leia mais...

 


Desde os tempos mais remotos, o homem sempre se questionou sobre o seu futuro e destinação, se há vida após a morte ou apenas o silêncio do nada, se existe prêmio ou castigo, céu para os eleitos e bons e o inferno para os maus, e, sendo assim, muitas perguntas e poucas respostas satisfatórias e coerentes surgiram que pudessem esclarecer qual o destino do homem após o tumulo, questões tais como:

Estaremos melhor ou pior?

Existiremos ou não?

Para sempre ou para nunca mais?

Leia mais...

 

O problema da mediunidade animal apareceu no tempo de Kardec e foi objeto de estudos e debates na Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas. Tanto os espíritos, quanto Kardec e a Sociedade consideraram o assunto como sem fundamento. Os animais são nossos irmãos mais próximos na escala ontológica. Não só Darwin, como Roussel Wallace, antropólogo espírita, consideraram o animal como último elo da cadeia evolutiva que se encerra no homem. Depois da humanidade inicia-se um novo ciclo da evolução com a Angelitude. O Anjo é o homem espiritual, último produto da evolução ôntica da Terra, que no Judaísmo, no Cristianismo e no Islamismo é representado com asas e aura luminosa. Não há descontinuidade na evolução. Tudo se encadeia no Universo, como acentuou Kardec.

A Ontogênese Espírita, ou seja, a teoria doutrinária da criação dos Seres (Do grego: onto é Ser; logia é estudo, ciência) revela o processo evolutivo a partir do reino mineral até o reino hominal. Essa teoria da evolução é mais audaciosa que a de Darwin. Léon Denis a definiu numa seqüência poética e naturalista: A alma dorme na pedra, sonha no vegetal, agita-se no animal e acorda no homem. Entre cada uma dessas fases existe uma zona intermediária, como se pode verificar nos estudos científicos. Assim, a teoria espírita da evolução considera o homem como um todo formado de espírito e matéria. A própria evolução é apresentada como um processo dialético de interação entre esses dois elementos primordiais o espírito e a matéria .

Leia mais...


A Terra atualmente comporta mais de 7 bilhões de pessoas. Destes, apenas um pouco mais de 2 bilhões são cristãos; então, devemos entender que Deus, um Pai amoroso, enviou outros e diversos profetas à Terra, antes e após a vinda de Jesus, para iluminar a vida dessas outras quase 5 bilhões de almas.

O filósofo francês Léon Denis diz no livro O porquê da vida que milhões de asiáticos, bramanistas e budistas, partilham da crença na reencarnação. Afirma que dela partilharam também os egípcios, os gregos e os celtas.
E que o cristianismo esteve impregnado até o século quarto da ideia reencarnacionista.

Informa que presentemente encontramos a reencarnação mesmo no islamismo, sob a forma de certas suratas (versículos) do Alcorão.
Segue-se que a reencarnação é, ou foi, admitida em todas as religiões.

Leia mais...

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...