Fonte: Correio Espírita - Imagem: Pixabay / Myersalex216

Deus é a inteligência suprema, a consciência cósmica do universo em que vivemos.

Deus é a fonte, a origem de tudo que existe: minerais, vegetais, animais, homens, anjos e arcanjos. O espírito imortal é uma partícula infinitesimal do pensamento divino, e a matéria qual a conhecemos, tem sua origem no fluido cósmico universal, que em síntese, é o hausto divino. Algo que sai de dentro do próprio Deus, ou seja, uma força nervosa, que usa para movimentar sua criação ilimitada.

O fluido cósmico universal tem dois polos distintos: o primeiro, em que ele é super rarefeito, invisível aos olhos humanos, e o segundo, em que é grosseiro, compacto, formando a matéria que compõe o solo da Terra. O fluido cósmico universal envolve e penetra o organismo fisiopsicossomático do ser humano, modelando e comandando em suas mais íntimas estruturas, tudo que existe no universo de Deus, está mergulhado nesse fluido divino, como se fôssemos peixes dentro de um oceano imenso. Ele é o vivificador que se estuda da mente divina para mente humana, provocando as transformações necessárias nos organismos dos seres, do nascimento até a morte, e ainda depois da morte.

É no celeiro inesgotável do fluido universal que os arcanjos retiram o plasma vivificante para a construção das galáxias, constelações, sóis e planetas, distendendo e multiplicando, pelos domínios do sem fim, a esplêndida sintonia da vida.

O fluido cósmico universal, que liga de uma forma indescritível sempre ao alcance de todas as criaturas, através do ar que respiramos, da água que bebemos, das frutas que nos alimentam, enfim, de tudo que nos rodeia, e faz parte do que é material. É nesse fluido universal, que a mente humana busca e encontra a quintessência energética de que se sustenta, e é a partir desse fluido que Deus elabora a matéria mental, que se exsuda através do pensamento contínuo, sob a forma de fluido eletromagnético, o corpo espiritual ou períspirito, também formado a partir desse fluido, só que com uma matéria mais sutilizada, mais rarefeita, não deixando, porém, de ser matéria.

O controle dos seres do universo é realizado por Deus, através da interpenetração do fluido cósmico universal em todos os seres, desde o átomo até o arcanjo, que um dia começou como átomo. Depois que atravessamos as águas enigmáticas do rio da morte, o fluido cósmico universal continua conosco, formando a atmosfera na qual vamos nos movimentar, até que um dia, depois de séculos e séculos de evolução, possamos alcançar o reino divino.

 


A vida de Chico Xavier