Transição planetária

Autor: Joanna de Ângelis (espírito) / psicografia de Divaldo Franco

Ecólogos de todo o mundo preocupam-se, na atualidade, com a poluição devastadora, que resulta dos detritos superlativos que são atirados nos oceanos, nos rios, lagos e "terras inúteis" circunjacentes às grandes metrópoles, como o tributo pago pelo conforto e pelas conquistas tecnológicas, desde os urgentes ingredientes e artefatos para a sobrevivência, às indústrias bélicas, às de explorações novas, às "de inutilidade" que atiram fora centenas de milhões de toneladas de lixo, óleos e resíduos em todo lugar.

Leia mais...

“A Terra produziria sempre o necessário, se com o necessário soubesse o homem contentar-se. Se o que ela produz não lhe basta a todas as necessidades, é que ele a emprega no supérfluo o que poderia ser empregado no necessário”. (O Livro dos Espíritos, capítulo V, Lei de Conservação)  

Ao se deparar com o tema Ecologia e Espiritismo, é muito provável que, em um primeiro momento, muitos de nós nos perguntemos o que um teria a ver com o outro.

Leia mais...

Imagem: (Foto Divulgação- Rafael Coutinho)

“A Natureza consubstancia o santuário em que a sabedoria de Deus se torna visível”

Ultimamente, temos visto muitos desastres naturais, catástrofes e para nós, brasileiros, quando chega o verão, estação em que as chuvas são mais abundantes, estes tristes acontecimentos envolvendo a natureza se intensificam. E por que tantas tempestades, tantas inundações, tantas catástrofes?

Leia mais...

Alkíndar de Oliveira

Se de um lado a boa lógica nos diz que nossa última encarnação é sempre a mais importante, pois, mais uma vez, temos a oportunidade de nos redimir dos erros passados, creio que esta atual, pelas deduções mais abaixo, é especialíssima. Creio firmemente que é a nossa mais importante existência de todos os tempos. Se nos conscientizarmos desse fato, faremos com que nossos pensamentos, sentimentos e atitudes tomem salutar direção. Para que a conclusão do tema seja confirmada pelo(a) leitor(a), atentemos ao texto abaixo, de Santo Agostinho, e também às conclusões que vêm logo a seguir.

Leia mais...

(Sociedade Espírita de Paris, 7 de outubro de 1864 – Médium: Sr. Delanne)-Artigo da Revista Espírita de maio de 1865.

Nesta noite vos falarei das imigrações de Espíritos adiantados que vêm encarnar-se em vossa Terra.

Esses novos mensageiros já tomaram o cajado do peregrino; já se espalham aos milhares em vosso globo; por toda parte estão dispostos em grupos e em séries, pelos Espíritos que dirigem o movimento de transformação.

Leia mais...

A vida de Chico Xavier