Fonte: Peixotinho

As crianças desde o berço podem e devem estar presentes no momento do Evangelho no Lar.

Sua participação vai variar conforme a idade: desde bem pequenas podem ser incentivadas a participar, fazendo a prece, os comentários e as vibrações, e quando souberem ler, poderão realizar a leitura. 

Quando houver crianças participando, a leitura e os comentários devem ser realizados com linguagem que permita o entendimento por parte delas. Podem ser utilizados livros com histórias de conteúdo moral, evangélico ou espírita. É interessante que os pais conheçam previamente os livros e as histórias que serão lidas naquele dia, facilitando, assim, os comentários após a leitura.

É de grande importância que os adultos incentivem a participação das crianças e expliquem a elas o que acontece naquele momento de estudo e reunião em família.

Um roteiro de como explicar para as crianças o que é e quais as etapas do Evangelho no Lar.

O Evangelho é um livro onde podemos aprender sobre Jesus, as histórias que ele contava e as lições de paz e de amor que ele ensinou durante sua vida.

Para estudarmos o Evangelho de Jesus reunimos a família e fazemos o "Evangelho no Lar".

Devemos marcar um horário na semana, e convidar a família a estudar e trocar idéias. Tem a duração de aproximadamente 20 a 30 minutos.

Iniciamos o Evangelho no Lar com a prece do Pai Nosso ou outra prece simples e espontânea, depois lemos um trecho escolhido ou aberto ao acaso do livro "O Evangelho Segundo o Espiritismo" ou de outro livro que contenha os ensinamentos do Mestre Jesus.

Após a leitura, conversamos e cada pessoa diz o que entendeu, ou qual a mensagem do texto, sempre evitando discórdia ou "cobranças" de atitudes dos familiares.

O próximo passo é fazer as vibrações. Vibração é um momento em que mandamos bons pensamentos e energias positivas para outras pessoas. Podemos vibrar pelos familiares, pelos amigos, pelos doentes e por todas as pessoas que achamos que necessitam de auxílio. Também podemos mandar boas vibrações para que as pessoas não briguem, não maltratem as crianças e os animais, que tenham emprego e saúde.

Neste momento podemos solicitar a magnetização da água. Magnetizar a água é colocar um pouco de água em um recipiente e solicitar, durante as vibrações, que os bons espíritos coloquem naquela água o remédio e os bons fluidos de que os participantes precisam naquele momento.

Terminamos o Evangelho no Lar com uma pequena prece.

Ao final, servimos a água magnetizada aos presentes, mantendo o clima de respeito e recolhimento.

O Evangelho no Lar promove a união da família, atrai a assistência dos bons espíritos e evangeliza encarnados e desencarnados que convivem conosco e na nossa casa.

Realizar o Evangelho no Lar é convidar Jesus a permanecer em nossa casa.

 


A vida de Chico Xavier